25.6.14

ano novo, vida nova - nunca antes foi tão verdade!

Nova data prevista do parto: 1 de Janeiro! É ou não é um bom sinal?

Mede 6,5 cm, (info seguinte só para também anda nestas andanças; demasiado específico para o público geral, eu sei!) o osso do nariz está lá e a translucência nucal foi difícil de medir por ser quase invisível. Portanto, para já, só boas notícias. Resultados do teste Harmony daqui a 3 semanas, altura em que também saberei se o baby M é um ele ou uma ela. Seja ele ou ela será sempre baby M, porque muito antes de nós ponderarmos ter filhos os nomes foram escolhidos, numa ocasional conversa de café!

5 comentários:

  1. É muito bom sinal! À 3ª é mesmo de vez já diziam os antigos.

    ResponderEliminar
  2. Que bom! Só boas notícias! Vai ser um ano bom, 2015! Tem de ser! ;)

    ResponderEliminar
  3. Parabéns, já estava preocupada pela ausência de notícias da eco...
    Quanto à data prevista...vai fazer diferença para a entrada na escola, pelo menos em Portugal: quem nasce até 31 de Dezembro pode, se os pais o quiserem, entrar no 1ºano no ano lectivo que começa em Setembro . Quem nasce em Janeiro só deve começar o 1º ano já quase com 7 anos: foi o meu caso (nasci em Janeiro...). E isso traumatizou-me tanto que costumo avisar os pais deste "pormenor". Parece ridículo nesta fase de encantamento mas, se já escolheram os nomes, também podem pensar mais além noutras matérias...
    Tudo a correr o melhor possível!

    ResponderEliminar
  4. Ahhh... baby M como o do cócó na fralda :D

    http://coconafralda.clix.pt/2014/06/cla-de-amor.html

    ResponderEliminar
  5. Mariana B, também me lembrei da entrada na escola. Sou de Novembro e sempre gostei muito de ser uma das mais novitas :-) A ver vamos como tudo se desenvolve e se teremos poder de decisão na matéria ;-)

    Alex, sim, é outro baby M! No meu caso é apenas uma coincidência. Eu sempre disse que se tivesse uma filha se chamaria M.... (por razões familiares), e o pai do rebento sempre disse que se tivesse um filho se chamaria M.... (também por razões familiares), de modo que a decisão estava tomada ainda antes de pensarmos em engravidar. :)

    ResponderEliminar