15.3.15

só a mim mais uma vez

Já não sei o que pense, se bem que o melhor é mesmo não pensar, bem sei. Ontem estive toda a manhã enjoada como um perú. Não me lembro de alguma vez ter estado enjoada assim, nem quando estive grávida. Pois que as ideias de uma mulher podem ser demoníacas e hoje de manhã dei comigo com o último teste de gravidez que ainda morava cá por casa desde a gravidez anterior (sim, compro de empreitada no ebay). E fiquei sem palavras, coisa pouco comum por estes lados: positivo, daqueles claros, sem ter que estar quase a encostar a tirita aos olhos para vislumbrar a segunda risca. É isto, teste positivo - teste negativo - teste positivo. Pés assentes no chão com clara noção de que isto de normal tem pouco e, logo, desfecho sem grandes alternativas. Mas há sempre aquela réstia de loucura e de esperança.

1 comentário:

  1. Espero que haja boas notícias brevemente!

    ResponderEliminar