12.5.14

semana 6

Dubrovnik, uma cidade encantadora 


Tanto adiei a ida a uma consulta que quando a quis marcar vi o caso complicado. A médica habitual só tinha vaga em Junho, e as outras opções que tentei só depois dessa data. Já me imaginava a ser pouco correcta, a inventar uma dor qualquer e a ir à urgência só para me fazerem uma ecografia. Bom, acabei por descobrir uma médica mesmo ao lado de casa e, estranhamente, arranjei uma consulta para o final desta semana. Ainda é muito cedo, mas dado o meu historial, a "fase crítica" aproxima-se e não queria que esta chegasse sem fazer uma ecografia e saber qual o ponto da situação. Se tudo estiver a correr como é suposto, no final desta semana devo ver um embrião com um coração acelerado. Não que este panorama seja diferente dos anteriores, porque nas duas gravidezes anteriores houve sempre dois corações a bater dentro de mim, mas é um passo essencial para chegar a bom porto. Mantenho-me optimista, mas racional, tendo sempre presentes as experiências anteriores. Para já sinto-me bem, com uma leve sensação de enjoo que me acompanha de manhã à noite. Suponho que deve ser um bom sinal. E, para já, nada mais me resta fazer para além de esperar e sonhar.

2 comentários:

  1. E queres melhor caminho que o do sonho? A magia vai acontecer! ;)

    ResponderEliminar