2.8.15

as duas riscas... de novo!

Disse há uns tempos que gostava de engravidar de novo rapidamente. A verdade é que por diversos motivos esse desejo ficou esquecido. Convenci-me que o pequeno Miguel seria filho único como eu e o pai. Habituei-me à nossa realidade a três. Não foi imediato nem fácil, mas agora nós somos três e é nesse número que penso em todas as equações do nosso dia-a-dia. Andava tão embrenhada em trabalhos pontuais e nos preparativos para as férias que não me apercebi que algo andava sumido este mês. Até que um dia, em pleno sossego alentejano, nos poucos segundos que tive para mim, encostada no limite da piscina, se fez luz. Somei os dias, recordei ciclos anteriores. Este estava a ser demasiado longo, o que poderia não significar nada, já que depois da gravidez o meu corpo se transformou numa espécie de relógio ligeiramente avariado. Mas comecei a juntar a constipação sem motivo e as dores de cabeça vindas não se sabe de onde e não tive dúvidas. No dia seguinte fiz o teste e, sem surpresa, duas riscas bem visíveis a olharem para mim.

Estou grávida!

Não tomo o teste positivo como um sinal de uma gravidez de 40 semanas, porque o meu historial não mo permite. Tenho os pés assentes no chão, e estou preparada para todos os desfechos. Mas o mais relevante é que agora estou grávida. 

5 comentários:

  1. Fingers crossed for you!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Parabens e ...vai correr tudo bem!!!

    ResponderEliminar
  3. Muitos parabéns, e que tudo corra bem!
    Célia passinhas

    ResponderEliminar