27.3.14

não são só os olhos que comem

Vivo em Itália há 10 meses. Neste período comi mais pizzas do que tinha comido antes em toda a minha vida! Ainda não comi pizzas más. Já comi algumas assim assim e outras que quase me fizeram babar, mas quase 10 meses depois começo a precisar de fazer uma pausa nas pizzas. E nas massas. Na cantina servem massa todos os dias. Adoro massa e pizzas, mas há limites! Já a lasanha não é assim tão frequente. Nem todos os restaurantes têm lasanha no menu, um atentado para alguém como eu que sorri enquanto saboreia uma boa lasanha. E a lasanha em Itália, há que o sublinhar, é excelente. Também os risotos merecem destaque. Adoro o risoto de cogumelos e mirtilos de um restaurante aqui pertinho de casa. Quando como fora de casa é difícil escapar às massas, às pizzas, à lasanha e ao risoto, de modo que em casa tenho tentado diversificar.

No Domingo passado foi dia do crumble: um doce e outro salgado. Não me perguntem de qual gostei mais porque não vos sei dizer. De um lado a acidez dos frutos vermelhos a contrastar com a doçura do crumble, do outro o sabor acentuado a queijo do crumble salgado. É quase como perguntar a uma mãe de que filho gosta mais! Para já ainda não me rendi à comida de passaroco, cheia de sementes, e aos sumos verdes com ar gosmento que tanto se vêem por aí.



2 comentários:

  1. E receitas, não? Confesso que nunca vi um crumble salgado, por isso gostava de experimentar!

    ResponderEliminar